LHGB – Laboratório de Hematologia, Genética e Biologia Computacional

O laboratório de Hematologia, Genética e Biologia Computacional (LHGB) é o mais novo laboratório do Instituto Gonçalo Moniz (IGM), cujas linhas de pesquisa estão voltadas para o estudo de doenças hematológicas, incluindo as relacionadas a patologias hematológicas benignas e malignas, com causa genética ou não, e para o estudo de infeções humanas causadas por retrovírus. Os estudos desenvolvidos no LHGB utilizam tanto ferramentas laboratoriais de Biologia Molecular, Bioquímica e Hematologia, quanto as computacionais, oriundas do uso da bioinformática, com a inclusão das já disponíveis ou a criação de ferramentas novas. Ressaltamos que as atividades do LHGB iniciaram-se no final de maio de 2013.

A Hematologia compreende uma área importante da Medicina, na qual são estudadas as variações fisiológicas e patológicas dos elementos celulares que compõem o tecido sanguíneo, uma vez que estes desempenham funções vitais na manutenção da integridade sistêmica e da homeostasia. Neste contexto, o grupo da pesquisadora Marilda de Souza Gonçalves vem desenvolvendo pesquisas, principalmente, em doença falciforme (DF), que apresenta consequências clínicas graves e morbimortalidade elevada.

O grupo ainda desenvolve estudos relativos a compostos naturais com ação antifalcizante, pesquisas em biomarcadores genéticos na DF, visando à escolha futura de genes alvos que isoladamente ou em decorrência de eventos epistáticos auxiliem em modelos terapêuticos mais eficientes. O grupo também desenvolve pesquisas e atividades na área de educação para profissionais que trabalham com Hematologia e Genética, bem como para as pessoas das comunidades, com a realização de áudios e cursos voltados para esta finalidade. Além disso, o grupo desenvolve pesquisas voltadas para a busca de biomarcadores genéticos em leucopenias, leucemias e aqueles ligados a vias metabólicas de micronutrientes importantes para a saúde materno-fetal.

O grupo do pesquisador Luiz Carlos Júnior Alcântara desenvolve atividades de pesquisas voltadas para estudos virais, em especial ao HIV-1 e ao HTLV-1 dando suporte:

a) Ao monitoramento da infecção do HIV e do HTLV-1 nos estudos sobre polimorfismo viral e do hospedeiro, infecção recente, resistência aos antirretrovirais e transmissão materno-fetal;

b) Aos projetos de desenvolvimento de vacinas anti-HIV-1 e anti-HTLV-1;

c) À elaboração de um algoritmo de resgate terapêutico para subsidiar a terapia antirretroviral a ser estabelecida nos serviços clínicos do SUS;

d) À capacitação de pesquisadores em análise genética e evolutiva de patógenos humanos;

e) À difusão do conhecimento na área de bioinformática, com o estabelecimento de colaborações com grupos de pesquisas nacionais e internacionais.

Uma das linhas de pesquisa do LHGB, denominada Estudos da História Evolutiva do HTLV-1, necessitou da investigação pormenorizada das características genéticas dos indivíduos infectados, tanto no Brasil quanto na África do Sul, e levou a integração entre dos dois grupos de pesquisa do LHGB, uma vez que o grupo coordenado por Marilda Gonçalves desenvolve estudos relacionados aos haplótipos ligados aos genes da globina Beta em indivíduos com DF, permitindo a realização desses estudos nos pacientes infectados pelo HTLV-1, com a introdução de abordagens novas sobre a concepção da história da origem africana da população da Bahia, desde o tráfico de escravos.

Desta forma, os pesquisadores do LHGB possuem parcerias estabelecidas com três países africanos: África do Sul, Benin e Nigéria, sendo que com estes dois últimos, o LHGB coordena ações relacionadas a formação de mestres e doutores em Hematologia na área de doença falciforme.

 

Gestão
Michele paixão dos santos
Taiane ferreira conceição

 

Telefone: +55 (71) 3176-2226
E-mail: lhgb@bahia.fiocruz.br

twitterFacebookmail

LIP – Laboratório de Imunoparasitologia

O Laboratório de Imunoparasitologia (LIP) iniciou suas atividades em 1998, como um dos laboratórios integrantes da Unidade Técnico Científica do Instituto Gonçalo Muniz (IGM), pertencente à Fiocruz. A atuação do LIP está pautada na missão desta instituição em promover a saúde e o desenvolvimento social, gerando e difundindo conhecimento científico e tecnológico.

Desde o início de suas atividades, o LIP desenvolve projeto de pesquisa básica, envolvendo pacientes e modelos experimentais de infecção por Leishmania. Estes projetos contam com a participação ativa de alunos de graduação e de pós-graduação. Em paralelo, a equipe participa na orientação de alunos do ensino médio, contribuindo para a inserção de jovens na carreira científica. Os estudos desenvolvidos resultaram em inúmeras publicações em revistas de circulação nacional e internacional, estabelecimento de diversas colaborações ao longo dos anos e, sobretudo, reconhecimento por pares.

Em paralelo às atividades de docência na pós-graduação, de pesquisa e de atenção à saúde, os servidores do laboratório também vêm participando de comissões de gestão de diversos setores do IGM, a exemplo da CEUA, Conselho Deliberativo e colegiados de curso de pós-graduação.

 

Estudantes
Amanda canário andrade azevedoAmanda costa nascimento de carvalhoAna beatriz marques diniz guerra de andradeAugusto marcelino pedreira de carvalhoCamila sampaio ribeiroCarla pires magalhãesCibele tereza deolinda machado orgeFabiana santana celesFelipe guimarães torresFrancys andreina avendaño rangelGabriel almeida peixotoGabriele alves cajaty
Helenita costa quadrosHelton fabio santos de araujo juniorIsabele de pádua carvalhoJosé irahe kasprzykowski gonçalvesJuqueline rocha cristalLaís de macêdo ferreira santosLaise brandão oliveiraLucas gentil azevedoMarcos brazMaria da purificação pereira da silvaMateus vinicius mota de santanaMyla lôbo de souza
Paula milena melo casaisPedro brito borbaRebecca pereira curveloSamuel amorim nunes Sayonara de melo vianaTassia milenna oliveira de souza Thaline mabel sousa santosThiago cerqueira silvaVinicius costa souza ferreiraVinícius couto pires
Gestão
Juliana gomes oliveira

 

Telefone: + 55(71) 3176-2259
E-mail: lip@bahia.fiocruz.br

twitterFacebookmail

LEMB – Laboratório de Epidemiologia Molecular e Bioestatística

O Laboratório de Epidemiologia Molecular e Bioestatística (LEMB) desenvolve pesquisas sobre a epidemiologia de doenças infecciosas e outros agravos de importância para a saúde pública. A sua equipe atua nos programas de pós-graduação do Instituto Gonçalo Moniz (IGM), além de colaborar com os demais laboratórios do centro na elaboração e na condução do plano de análise dos dados de projetos.

 

Gestão
Adriane mirla fontes silva

 

Telefone: + 55(71) 3176-2353
E-mail: lemb@bahia.fiocruz.br

twitterFacebookmail