Alerta Epidemiológico sobre malária foi divulgado pela SESAB

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (SESAB) publicou, no dia 18 de janeiro, um Alerta Epidemiológico devido às notificações de casos da Malária na zona rural de Wenceslau Guimarães, na região sul do estado. No documento, o órgão recomenda que algumas precauções sejam tomadas, tanto no diagnóstico quanto na rotina das pessoas.

O alerta informa que, para a proteção individual, deverá ser evitado áreas de criadouro natural de mosquitos e usar repelente conforme as recomendações do fabricante. Para o diagnóstico, os profissionais de saúde deverão utilizar o método da Gota Espessa, que é considerado padrão ouro. Após a coleta, o material deverá ser encaminhado ao Laboratório Central de Saúde Pública (LACEN).

Recentemente, houve dois óbitos na cidade onde a epidemia está ocorrendo. De acordo com a SESAB, a situação é de “surto localizado” e não há registros de casos dessa doença em outras regiões da Bahia.

Confira aqui o Alerta Epidemiológico

twitterFacebookmail